top of page

Censo de cães e gatos chega à área urbana de Fernando de Noronha

Ação conjunta do ICMBio, Administração da Ilha e Instituto Ampara Animal pretende visitar todas as casas da Ilha. Última contagem aconteceu em 2019.



A partir desta terça-feira, 06, e ao longo das próximas duas semanas acontecerá o censo de cães e gatos na zona urbana de Fernando de Noronha. Os detalhes foram acertados em uma reunião entre ICMBio e Administração Distrital o Instituto AMPARA Animal, de São Paulo, que veio apoiar a ação. Na Ilha, o Projeto Pet Noronha também é parceiro das instituições.

Três equipes estarão em campo, em todas as residências, coletando dados acerca da presença ou não de cães e gatos nas proximidades, e dados referentes à castração, vacinação, se há animais com microchip e estimativa de idade e origem dos animais.


Os dados coletados serão comparados aos do último censo, realizado há 4 anos, para subsidiar novas ações de cuidado animal, campanhas de castração e ações futuras que associam cuidados com a saúde animal e humana.

O veterinário Bruno Resende, voluntário do setor de Pesquisa e Manejo da Fauna do ICMBio Noronha e colaborador na campanha de castração de 2019, ressalta que a participação da população vai ser essencial neste momento, recebendo as equipes e fornecendo as informações: "cada equipe também estará acompanhada de um agente de endemias ou de um agente comunitário de saúde. É importante que a população receba bem essas equipes e colaborem, para que a gente entenda exatamente qual é a situação atual da população animal na Ilha e seja possível também trabalhar conceitos de saúde e guarda responsável, além de fazer alguns alertas em relação às zoonoses." - explica o veterinário.


Campanha de castração


Em 2023, a campanha de castração em parceria com a administração e o Instituto AMPARA Animal acontecerá em agosto, mas até lá, qualquer pessoa que identificar gatos de rua não castrados pode entrar em contato com o ICMBio pelo telefone (81) 99115-6860 ou por mensagem para o instagram @icmbionoronha e informar horário e local onde o animal foi visto. Uma equipe fará a captura, esterilização do animal, e soltura no local de origem.


Por Clarissa Paiva - comunicação ICMBio Noronha










コメント


Fernando de Noronha - Noticias Imagem - Site Noronha
bottom of page