top of page
  • Foto do escritorICMBio Noronha

Poitas dos pontos de mergulhos do Parnamar de Fernando de Noronha recebem manutenção

Medidas de prevenção de incidentes com animais marinhos foram discutidas em reunião


Fotos: Ismael Escote

Em um esforço conjunto para proteger a vida marinha, a Associação das Empresas de Mergulho Autônomo (ANEMA), em colaboração com o Instituto Chico Mendes da Conservação da Biodiversidade (ICMBio-FN), iniciou a manutenção das poitas de mergulho dentro do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (Parnamar-FN). Essas medidas visam prevenir incidentes com animais marinhos, garantindo um ambiente mais seguro tanto para a fauna local quanto para os mergulhadores.

Foto: Giselle Vasconcelos

A poita é um tipo de ancoragem essencial para manter embarcações fixas em locais específicos na água, sendo essencial para a localização dos pontos de mergulho no Parnamar de Fernando de Noronha. “Os representantes da ANEMA já fizeram a vistoria e manutenção das poitas, eliminando todos os pontos vulneráveis. Não tem cabos sobrando e nem alças soltas”, disse Antônio Júnior, conhecido como Nico, membro da ANEMA.


Existem 21 pontos de mergulho na área do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha. “A previsão é que até o final do ano todas as poitas sejam trocadas”, afirmou Nico. As medidas surgiram após uma reunião entre o ICMBio-Noronha e representantes das operadoras de mergulho, que ocorreu na última quarta-feira, 22 de maio.


Morte de uma Raia Manta


O esforço para realizar a manutenção das poitas foi intensificado após um incidente ocorrido na segunda-feira, 20 de maio. O ICMBio de Fernando de Noronha foi notificado da morte de uma raia da espécie Manta birostris, na poita do ponto de mergulho no Buraco do Inferno. O ICMBio lamenta profundamente o ocorrido e reforça seu compromisso com a preservação da biodiversidade.




Por Giselle Vasconcelos - comunicação ICMBio Noronha






Comentários


Fernando de Noronha - Noticias Imagem - Site Noronha
bottom of page