• ICMBio Noronha

Curso de observação de cetáceos


O curso de observação de cetáceos no turismo náutico para condutores e proprietários de canoas havaianas, que ocorreu no Centro de Visitantes, com 6 horas de duração, encerrou nesta quarta-feira (23).


O ICMBio Noronha e o Projeto Golfinho Rotador deram orientações técnicas e representantes do Projeto Tamar, da Marinha do Brasil e da Administração da Ilha também participaram do evento.


O curso abordou temas como: a evolução e fisiologia dos golfinhos — a importância da superfície; a formação do arquipélago de Fernando de Noronha e a importância para os rotadores e outros cetáceos, e turismo de observação — uma aliança pela conservação e seus desafios.


Considerando que as regras propostas em outubro de 2021 foram amplamente testadas, com debates e ajustes realizados no último dia de curso (23/03), foram definidas regras de ordenamento no trajeto das canoas, de forma a respeitar o ambiente natural dos cetáceos.


✔️ As canoas devem seguir as rotas definidas pelo mapa elaborado pelo ICMBio e Projeto Golfinho Rotador, não sendo permitida a criação de rotas alternativas.


✔️ Na zona de remada contínua, deve ser garantida a distância entre as canoas, privilegiando o deslocamento à deriva, salvo se as condições de vento e correnteza não permitirem. No sentido Conceição-Porto, no mínimo 50% dos remadores devem permanecer remando, com deslocamento contínuo. Nesta zona não deve ocorrer ultrapassagem de canoas.


✔️ Independente do sentido e da rota, as canoas devem seguir em fila, mantendo uma distância mínima de 200 metros. Em casos de ultrapassagem, a canoa com maior velocidade abre o trajeto para fora da costa e longe de qualquer agrupamento de golfinhos, sempre observando a distância de 200 metros entre as canoas.


✔️ Em hipótese alguma deve ocorrer a triangulação ou aglomeração entre canoas, com exceção das áreas definidas para este propósito, nas proximidades da praia da Conceição e da Anpesca.


✔️ Quanto ao local de ancoragem/parada próximo ao Morro de Fora, é preciso ancorar/parar dentro dos limites do Morro de Fora em direção à costa, mantendo-se na rota de canoas e fora da rota de golfinhos.



NOTICIAS_SITE NORONHA.png