top of page
  • Writer's pictureICMBio Noronha

Livro “Peixes Recifais Brasileiros” será lançado em Noronha

Publicação lançada recentemente traz dados e fotos de 446 espécies encontradas na costa brasileira.


Na terça-feira 24 de outubro, às 19h, o livro Peixes Recifais Brasileiros será lançado em Fernando de Noronha, na Creperia Euforonha. O lançamento será feito por um dos autores, o professor doutor Sergio Floeter. O livro tem sido destacado como uma referência mais detalhada e abrangente sobre os peixes de água salgada brasileiros até o momento, e traz até mesmo espécies não descritas, com informações sobre tamanho, profundidade, habitat, dieta, comportamento, ecologia e distribuição geográfica e uma introdução detalhada a todas as famílias e gêneros de peixes.



Foto: Roberta Bonaldo

Sergio Floeter, tirando fotos de peixes recifais brasileiros para o livro

O co-autor que estará em Noronha antecipou informações sobre a publicação de 300 páginas, que ficará disponível à venda na Ilha:

Qual o público-alvo do livro? O livro apresenta muitas informações de interesse do mergulhador, do estudante, do cientista, dos gestores e dos que simplesmente apreciam os peixes da nossa costa.


Que importância tem esse apanhado para a ciência?

O livro apresenta um guia completo dos peixes recifais do Brasil, o primeiro guia fotográfico abrangente dos peixes marinhos costeiros brasileiros, contendo 446 espécies que se pode esperar observar em um recife de coral ou costão rochoso brasileiro. Os autores alcançaram um feito notável – reunir um conjunto completo de belas fotografias subaquáticas para diagnóstico, incluindo muitas espécies raras e até mesmo algumas ainda não descritas formalmente pelos cientistas; especialmente peixes que são particularmente difíceis de encontrar e ainda mais de fotografar.


Qual o papel de Fernando de Noronha na conservação dos recifes e da população de peixes recifais?

Fernando de Noronha, assim como as outras ilhas oceânicas brasileiras são locais de extrema importância para conservação, já que são nessas ilhas que encontramos uma grande parte das espécies endêmicas dos peixes brasileiros. As ilhas oceãnicas também são consideradas muito importantes como locais muito mais preservados quando comparados com a maioria dos ambientes recifais costeiros no Brasil, assim sendo laboratórios naturais para identificarmos potenciais mudanças naturais nesses sistemas. Isso é muito mais difícil em locais impactados pela pesca e poluição próximas a áreas urbanizadas (cidades).


De que forma vocês, autores, desejam que a publicação seja usada? Que alcance esperam para o livro?

Essa publicação tem todo o potencial educativo com relação às espécies de peixes recifais do Brasil, seus hábitos, suas distribuições geográficas, status de conservação (por sinal deve ser amplamente utilizado nas oficinas de espécies ameaçadas), e porque não cativar as pessoas para a beleza da biodiversidade marinha brasileira.


Foto cedida por Sérgio Floeter

Parte dos autores e colaboradores: Alfie, JP Krajewski, Raphael Macieira, Sergio, Carlos Eduardo Leite e Luiz Rocha


O livro poderá ser adquirido presencialmente, durante o lançamento em Noronha pelo preço de R$ 399,00 ou pelo link https://www.editoracrv.com.br/produtos/detalhes/37931-crv







Comments


Fernando de Noronha - Noticias Imagem - Site Noronha
bottom of page